Ernesto Mercadante Lima

XLIII
O Elo Indispensável

     Coube-lhe a autoria do atalho que liga a trajetória desde a  segunda metade do Novecentos, vinda até nós já em novo milênio. Acresce a circunstância de servir o caminho até quando a ciência chegar a meios de identificar por forma sofisticada o tronco comum das criaturas humanas. Nossos bisnetos irão prosseguir no esforço de manter a unidade da família inspirados no mesmo intento do batalhador que dirige o jornal Mercadantes & Depois.

     A face oculta da lua, ou seja, as nossas primas que perderam o sobrenome pelo casamento, retornarão ao conhecimento de suas raízes.

     Seja como for, o clã querido clã tem hoje quase uma centena de ramos na Itália, Brasil, Argentina, EE.UU, Espanha, Grécia e norte da África, cabendo a brasileiros, terem feito, em espécie de balanço, novo tronco da árvore com os subtítulos da Itália Meridional ligados por hífen às cidades paulistas, fluminenses e mineiras onde os sub-ramos permanecem.

     Quem sabe se de outras paragens venham até nós com as suas raízes desde o tempo da respectiva conversão?

     Escrevo as razões acima por motivo do título que se refere ao grande arquiteto de ter elaborado a árvore genealógica do clã  residente em Campania, Calábria e Sicília.

     Foi a atividade de Ernesto Mercadante Lima que me inspirou na primeira jornada e publicá-la na folha Mercadantes & Depois diversos artigos sobre a história dos Mercadantes na Espanha e Itália, servindo-me de pesquisas em quase meia centena de arquivos públicos e museus durante minhas viagens de estudo e trabalho no século passado.

     Ernesto nasceu em Albuquerque Lins, São Paulo, em setembro de 1927. Muito viajou pela Europa, tendo dado início a suas atividades profissionais como Químico Industrial.

     Sua condição de cientista não o deixou voltado apenas ao mister profissional.

     Pertenceu a Clube de Xadrez, desde o tempo de seu trabalho na Light de São Paulo, conquistando troféus de campeão e vice-campeão de torneios esportivos.

     Apreciava a arte fotográfica com êxitos em concursos internos e externos.

     Não punha de lado a atividade de colega atento aos direitos trabalhistas no Sindicato dos Funcionários de Energia Elétrica de São Paulo, escolhido como seu Delegado.

      Do mesmo modo, com pertinácia, foi um dos fundadores da Associação Cristã de Moços e tesoureiro do Conselho e Fiscalização de Centro Educacional e Esportivo.

      Por cerca de vinte anos permaneceu na Maçonaria, alcançando o posto de Venerável Mestre, militando em seus órgãos de comunicação.

      Também jamais deixou a prática de esportes, notadamente de profissional de natação, esporte que ainda pratica com regularidade.a ponto de bater o Record Sul-Americano de  em 2003 no Club Palmeiras de Morumbi já em faixa etária de 75-79.anos.

     Lá pelas tantas passou a responsável pelo jornal da família, que ainda circula de dois a dois meses.

     Outro não poderia ser a figura ilustre, ou seja, o elo que liga toda a família, querido por todos e, finalmente, a criatura que fixou com correntes a unidade do velho clã do Mediterrâneo.

————————

 Clique aqui para ver  o Apêndice.

————————

P.s – A partir do dia 14 de junho do corrente ano, Paulo Mercadante iniciará a publicação de parte de seu diário com fatos e comentários históricos relativos ao Velho Mundo.

 

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://pmercadante.wordpress.com/2008/05/31/ernesto-mercadante-lima/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: