0s anos derradeiros

XXX

     Quase um êxodo. A luta fratricida subiu da Sicília e da Calábria, era como a torrente de lavas vulcânicas e a seu encontro descia a ajuda do norte que aspirava à unidade a qualquer preço.

     A comuna de Torraca, sua irmã do Tirreno, a amena Sapri, ambas há séculos irmanadas, em todos os tempos desde a Idade Média, dividiram-se e a crise levava os jovens à aspiração de seguir para a América, fosse a do Norte, fosse a do Sul.

     Em meio à debandada, no meado do Oitocentos, a troca de idéias para a partida dava-se na Praça, após o dia de trabalho, ficando os velhos com a determinação de muitos, que só tocavam no assunto com ansiedade. Primeiramente ir a Nápoles para informações sobre o Acordo entre o Reino do Brasil e as autoridades de Campania a fim de conhecerem os termos firmados e as condições de vida, a natureza do trabalho e como obter recursos para a travessia do Atlântico.

     Esse foi o drama. A América do Norte sustara qualquer ajuda à entrada de imigrantes, o Império do Brasil tinha de cumpri-lo a fim de atender a substituição da mão de obra servil, de que lei após lei se libertava. Depois de 1850 a proibição agravara sobremodo o problema para o eito, exacerbado pelo crescimento da lavoura cafeeira na Mata mineira e oeste paulista.

     No reboliço da aspiração de liberdade que varria a Itália do norte ao sul, seguida pelos anos sangrentos dos confrontos em torno da unidade tão aspirada, o sacerdote, depois Arquipresbítero Giuseppe Mercadante e sua irmã Michellina, desciam e subiam a rua central, caminhavam pela Praça, procurando demover aqueles jovens e mesmo homens já maduros da aventura de deixar a comuna para a longa viagem marítima, que para todos significava o adeus definitivo.

     Quando o grande humanista Dott. Ruigi Mercadante, também seu irmão, permanecia dias e dias em Torraca, outra coisa não fazia senão aconselhar calma necessária ao momento e aguardar os dias que talvez não estivessem distantes da calmaria dos velhos tempos

Anúncios
Published in: on maio 3, 2008 at 4:34 pm  Deixe um comentário  
Tags: ,

The URI to TrackBack this entry is: https://pmercadante.wordpress.com/2008/05/03/0s-anos-derradeiros/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: